Prefácio do Livro Hipnose

César Grisa

Prefácio do Livro Hipnose Humanopangrisiana

 

O ano é 2013 e tenho a honra de escrever algumas linhas sobre o Autor desta obra.

Dr. Pedro Antonio Grisa sempre insistiu teimosamente de que a nova Ciência conhecida como Parapsicologia não era apenas um campo de pesquisa para provar ou estudar os Fenômenos Paranormais e sim uma Ciência possível de ser aplicada em benefício do Ser Humano. Uma vez que se constata que os fenômenos paranormais são resultados do Poder de nossa Mente Subconsciente (Inconsciente em outras escolas), são por tanto, um fenômeno humano passível de ser canalizado de forma construtiva e eficaz. Hoje as neurociências reconhecem a força e a grandiosidade da Mente evidenciando a importância de se compreender esses “mecanismos inconscientes” que comandam nossa vida e provam que somos influenciados por eles todo o tempo, colocando de lado teses que defendiam o ser humano como um ser totalmente livre.

Feita essa introdução, gostaria de falar do Autor, o qual sempre me hipnotizou com suas idéias e sonhos otimistas de um mundo melhor. Um homem que apesar de sua limitação visual, consegue enxergar o interior humano como poucos. 

Dr. Grisa nunca se deixou vencer por nada, superou uma gagueira de infância, foi para o seminário, se apaixonou, passou por várias profissões, tornou-se marido, pai e avô. Estudou e leu centenas de livros (enquanto os olhos permitiram) e hoje com a ajuda tecnológica está escrevendo e publicando seu primeiro livro com a contribuição de um computador e sintetizador de voz que reproduz tudo que escreve. Seria necessário escrever uma “enciclopédia” para descrever esse grande homem, que como todo ser humano é passível de erros, mas com um diferencial, o que Dr. Grisa fez e escreveu é uma revolução nos paradigmas atuais. Suas descobertas sobre a Mente, Personalidade e Paranormalidade servem de inspiração para muitos estudos em todo o planeta. Com certeza sua maior contribuição não vem do tempo de escritor de crônicas e poemas, tão pouco dos tempos de Teatro e sim do momento que adentrou nos estudos de Parapsicologia ainda na década de 60 para tornar-se um dos maiores cientistas da Mente Humana. Algumas de suas descobertas e criações didáticas influenciam e irão influenciar muitas áreas do conhecimento.

A Psicologia e a Medicina através de alguns profissionais se curvam as descobertas da Mente atuando sobre a saúde e a doença, assim como a constatação de que é o subconsciente da mulher que define o sexo do futuro ser ainda no processo de concepção. Grisa aplicou a nomenclatura “Pragmático” e “Idealista” (assim como Jung definiu os termos EXTROVERTIDO e INTROVERTIDO) para definir os dois tipos básicos de Personalidade provando que existe uma comunicação telepática especial entre o primeiro filho e a mãe e a primeira filha e o pai, somando com a estrutura psicanalítica freudiana e o complexo de Édipo.

Grisa foi também o descobridor de que a posição familiar e os desejos e expectativas da mãe durante a gravidez influenciam diretamente a personalidade dos filhos e cunhou termos como “Mulher esperada menino e Homem esperado menina” além de mostrar, o que cada tipo de parto, influencia na construção de nossos comportamentos.

Essas contribuições e descobertas permitiram a Grisa desenvolver um sistema de análise matemático das Árvores Genealógicas, o qual prefere chamar de Tabelas Familiares, permitindo conhecer a Personalidade de cada membro da família com precisão matemática e obedecendo a leis e princípios naturais e universais.

Concluindo, poderemos através da leitura e estudo desses novos ensinamentos sobre Hipnose, compreender melhor o caminho que levou Grisa a mais esta obra sobre a Mente Humana. A obra trata da importância do processo de compreensão, para mudar e transformar programações negativas em programações positivas e benéficas. Na minha experiência profissional, costumo chamar esse processo de Hipnoalquimia, devido sua relação com a incansável jornada alquímica para transformar “chumbo” em “ouro”.

Nesse momento em que este livro está prestes a ser publicado com um título que fala de Hipnose e estados alterados de consciência, estamos vivendo um período em que nunca foi tão fácil perceber os transes coletivos e pessoais. Nunca as pessoas ficaram tão hipnotizadas como nesse período da história. Estamos hipnotizados pelo excesso de estímulos, pelas drogas, televisão, internet, redes sociais, games, música eletrônica, imagens que exploram a sexualidade de forma vulgar, “igrejas”, “pastores”, enfim, por uma série de coisas que prendem e sequestram nossa atenção de forma covarde. Nosso mundo emocional está bagunçado e somos cada vez mais vítimas de exageros e desequilíbrios. Os maus usos que fazemos das coisas que poderiam ser benéficas e saudáveis fazem com que elas sejam maléficas e insalubres. Tudo porque nunca foi tão fácil hipnotizar as pessoas.

Grandes idéias, teorias e descobertas que sem dúvida estão mudando a forma de entender e compreender o Ser Humano, as quais o colocam em posição de ser reconhecido como o “Pai” da Parapsicologia Clínica. Como todo grande homem, Grisa e seus trabalhos serão apreciados com muito mais valor após a morte do corpo físico, mas sabemos que grandes pensadores permanecem eternos!

Sendo assim, essas contribuições inovadoras têm como principal objetivo, conduzir o Ser Humano pelo caminho da Individuação, da evolução e da maturidade emocional.

Termino essas linhas em um profundo agradecimento ao Autor:

– OBRIGADO PAI!

 

César A. Grisa – Filho e discípulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *